Jesus - A nossa cidade de refúgio!


Jesus – A nossa cidade de refúgio!

Resultado de imagem para obidos

Josué 20:1-8 Falou mais o SENHOR a Josué, dizendo:
2 Fala aos filhos de Israel, dizendo: Apartai para vós as cidades de refúgio, de que vos falei pelo ministério de Moisés,
3 Para que fuja para ali o homicida, que matar alguma pessoa por engano, e não com intenção; para que vos sirvam de refúgio contra o vingador do sangue.
4 E fugindo para alguma daquelas cidades, pôr-se-á à porta dela e exporá a sua causa aos ouvidos dos anciãos da tal cidade; então o tomarão consigo na cidade; e lhe darão lugar, para que habite com eles.
5 E se o vingador do sangue o seguir, não entregarão na sua mão o homicida, porquanto não feriu a seu próximo com intenção, e não o odiou antes.
6 E habitará na mesma cidade, até que compareça em juízo perante a congregação, até que morra o sumo sacerdote que houver naqueles dias; então o homicida voltará, e virá à sua cidade e à sua casa, à cidade de onde fugiu.
7 Então designaram a Quedes na Galiléia, na montanha de Naftali, e a Siquém, na montanha de Efraim, e a Quiriate-Arba (esta é Hebrom), na montanha de Judá.
8 E, além do Jordão, na direção de Jericó para o oriente, designaram a Bezer, no deserto, na campina da tribo de Rúben, e a Ramote, em Gileade da tribo de Gade, e a Golã, em Basã da tribo de Manassés.

Cidades de refúgio – são ideias de Deus!
                                    São sombras do que viria!
                                   
V1; v2;V3
            Homicida involuntário – que matou sem intenção.
                        Dt 19:5 dá-nos o exemplo de alguém que vai cortar lenha e que o ferro do machado salta do pau e acaba por ir bater noutra pessoa matando-a involuntariamente.

NOTA: Jesus na cruz coloca todos os nossos pecados na categoria de involuntários.
              Jesus disse: “Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem”

Hb 10:26 Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados,

Este pecado é renunciar Jesus. Para esses não há mais sacrifício por pecado. Porque Jesus é o único sacrifício.

V3 “Para que fuja para ali o homicida, que matar alguma pessoa por engano, e não com intenção; para que vos sirvam de refúgio contra o vingador do sangue.”

            O vingador de sangue tinha o direito de perseguir/matar o homicida involuntário. Justiça! Sangue por sangue!

NOTA: Já reparou que qualquer pessoa que faz mal fica com uma consciência pesada? Existe um tipo de “vingador” que atua na nossa consciência.

V4 4 E fugindo para alguma daquelas cidades, pôr-se-á à porta dela e exporá a sua causa aos ouvidos dos anciãos da tal cidade; então o tomarão consigo na cidade; e lhe darão lugar, para que habite com eles.

6 Cidades de refugio
            Elas pertenciam aos sacerdotes / levitas
            Hoje todos nós SOMOS reis e sacerdotes.

O perseguido tornava-se um como eles.

ATENÇÃO:
1º Os sacerdotes VESTIAM o melhor. (túnica de linho fino)

            Linho fino – era fresco de verão e quente de inverno.
            NOTA: Deus não quer que nós enquanto sacerdotes do NT tenhamos suores por cansaço. Ele quer que descansemos nele!

2º Os sacerdotes VIVIAM no melhor lugar.

            Nm 35:6 Das cidades, pois, que dareis aos levitas, haverá seis cidades de refúgio, as quais dareis para que o homicida ali se acolha; e, além destas, lhes dareis quarenta e duas cidades.
                        6 Cidades de refugio
                        42 cidades para  viver

            As cidades de refugio eram nas montanhas , com as melhores vistas.

3º Os sacerdotes COMIAM do melhor.

            Nm 18:11,12  Também isto será teu: a oferta alçada dos seus dons com todas as ofertas movidas dos filhos de Israel; a ti, a teus filhos, e a tuas filhas contigo, as tenho dado por estatuto perpétuo; todo o que estiver limpo na tua casa, delas comerá.
12 Todo o melhor do azeite, e todo o melhor do mosto e do grão, as suas primícias que derem ao Senhor, as tenho dado a ti.

            Oferta movida – eles traziam o cordeiro para o sacrifício, que era morto e o peito do cordeiro (lugar do coração) depois de assado era colocado nas mãos do sacerdote que MOVIA (na forma de arco) como símbolo de amor.

            Jesus é o cordeiro de Deus – oferta de amor pelo pecado.

            Oferta alçada – parte da perna do cordeiro (força/poder) que o sacerdote apresentava de cima para baixo.




A cruz relembra o amor e o poder de Jesus enquanto cordeiro por nós!

V11 “...teus filhos e filhas...”

            Esta benção é para toda a nossa casa.

NOTA: Nós enquanto reis e sacerdotes, COMEMOS do melhor, VESTIMOS do melhor e VIVEMOS no melhor!

V12 “... óleo, vinho, pão”

NOTA: Quando o homicida vinha fugido da presença do vingador, ele não tinha direito por nascimento de habitar nessas cidades, mas na qualidade de homicida involuntário ele era aceite e considerado como um deles.

            COMIA o que o sacerdote comia
            VESTIA o que o sacerdiote vestia
            VIVIA onde o sacerdote vivia.

Ele ficava naquela cidade até...

V6 “...morte do sacerdote...”

Ele era mandado para fora quando sacerdote morria... mas com Jesus é diferente!

HB 6:16-20 Porque os homens certamente juram por alguém superior a eles, e o juramento para confirmação é, para eles, o fim de toda a contenda.
17 Por isso, querendo Deus mostrar mais abundantemente a imutabilidade do seu conselho aos herdeiros da promessa, se interpôs com juramento;
18 Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta;
19 A qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até ao interior do véu,
20 Onde Jesus, nosso precursor, entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.

Os homens juram por algo superior *** Deus jura por ele mesmo.

V13,14

V18 “... refúgio em reter...” = cidade de refugio.

Mas... só é válido até à morte do sacerdote!!!

V19,20 ELE nunca morre. Por isso estamos sempre avençoados com as coisas do sacerdote – Comida, Veste e LUGAR!

A IGREJA É UMA CIDADE DE REFUGIO.

Josué 20:7,8 – 6 cidades de refugio. – Hebrom,

Ef 1:21-22

Deus sujeitou todas as coisas a Jesus para a igreja.
Porque a igreja é uma cidade de refugio para o mundo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo seu comentário.